A ANASPS E SUAS INCOERÊNCIAS

No último dia 8 de junho, a Associação publicou em seu site um artigo intitulado “ ANASPS nega acusação e avisa que não vai se calar sobre a Direção Fiscal da GEAP”.

As incoerências aparecem logo no título do artigo, já que a GEAP não pede para ninguém “se calar” e nunca “acusou”, apenas se defendeu de palavras caluniosas e inverídicas contra seus Conselheiros do CONAD, tais como “praticar todo tipo de abusos e desmandos contra o interesse dos beneficiários”.

Mas as incoerências continuam:

a)  a ANASPS diz “não ter assento no CONAD da GEAP”. No entanto, nas publicações e nos vídeos mostrados nos links,                        https://www.anasps.org.br/anasps-online, https://www.anasps.org.br/eleicao-na-geap-acontece-hoje-vote-nossa-chapa-1/, https://www.anasps.org.br/anaspson-line-ano-xvedicao-no-1-532/,https://www.anasps.org.br/anasps-concorre-nas-eleicoes-da-geap/, a Associação cita, claramente, que seus integrantes fazem campanhas e concorrem a uma vaga nos Conselhos. Então, conforme o bel prazer de seus interesses, ora ela afirma que tem representante, ora afirma que não tem;

b) a Associação também alega que “cabe aos Conselheiros eleitos apenas concordar, já que não têm maioria”. Mais uma incoerência, pois os votos das deliberações são livres e individuais, não sendo obrigatório que os Conselheiros concordem com a maioria ou com a decisão do Presidente do Conselho. Bastaria votar contra qualquer deliberação posta em pauta. Porém, os representantes da ANASPS não o fizeram em matérias importantes, votando favorável a contratações de empresas que lesaram os beneficiários e que foram corrigidos pela atual Diretoria;

c) quanto à contribuição para saída da Direção Fiscal, estamos aguardando os recursos que a ANASPS alega ter solicitado à Justiça. O que realmente retirou a GEAP de seu grave desequilíbrio econômico e financeiro foi o saneamento feito pela nova Diretoria que, com árduo trabalho de auditoria e gestão, acabou com contratos lesivos, fraudes, desvios, corrupção e racionalizou despesas;

d) sobre as eleições para os Conselhos, as regras propostas pelo CONAD universalizaram a propositura, permitindo que qualquer beneficiário pudesse ser candidato e não apenas as “chapas” organizadas pela ANASPS e seus apaniguados, que cerceiam o direito individual de participação e criam uma “imposição” de seus representantes, como pode ser visto nos links (https://www.anasps.org.br/eleicao-na-geap-acontece-hoje-vote-nossa-chapa-1/,).

Para nós, resta a triste constatação que a incoerência, a mentira e a falta de espírito solidário grassam no seio da ANASPS.

Diretoria Executiva da Geap


Mais Notícias