Notícias

Novembro azul: chegou a vez deles!
A+ A-

Novembro é o mês mundialmente dedicado à saúde dos homens e ao combate ao câncer de próstata.

A Geap deu início à sua campanha nacional de conscientização sobre a doença. A iniciativa conta com a distribuição de materiais estratégicos e informações sobre a doença. Para sensibilizar sobre um dos tipos de cânceres que mais matam os homens, a Operadora alerta para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, usando o tema “Quando o assunto é saúde, você não pode deixar o tempo passar”.

O que é o câncer de próstata?

O câncer da próstata é uma consequência da transformação das células, que se proliferam de forma anormal e ganham a capacidade de invadir o órgão (próstata).

Fatores de risco:

• Histórico familiar - homens cujo pai e/ou irmãos tenham sido diagnosticados com câncer de próstata têm o risco aumentado de desenvolverem a doença, em relação ao restante da população;

• Idade maior ou igual a 50 anos;

• Etnia - o câncer de próstata tem maior incidência sobre a população negra;

• Sedentarismo e obesidade;

• Alimentação - Existem suspeitas, não totalmente confirmadas, de que alimentação rica em gordura animal, carnes vermelhas, derivados de leite e pobres em vegetais, raízes e verduras esteja relacionada a casos da doença.

Sabe-se, também, que pacientes obesos podem apresentar tumores mais agressivos.

Sinais e sintomas

No início, a maioria dos pacientes não apresenta sinais relevantes. O câncer de próstata é uma doença silenciosa. Os sintomas mais frequentes que o paciente pode sentir são:

• Vontade de urinar com urgência;

• Urinar várias vezes durante a noite;

• Dor para urinar;

• Sangue na urina ou no líquido seminal;

• Disfunção erétil;

• Dor óssea.

Se você tiver um ou mais destes sintomas, procure orientação médica, imediatamente!

Prevenção

• Mantenha uma dieta equilibrada, com frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais;

• Reduza a ingestão de gordura;

• Pratique, ao menos, 30 minutos diários de atividade física;

• Evite a obesidade;

• Reduza o consumo de álcool;

• Abandone o tabagismo.

Fique atento!

Homens, a partir de 50 anos, devem procurar seu urologista para realizar uma avaliação. Aqueles com maior risco da doença devem procurar o urologista, a partir dos 45 anos.

Exames para diagnóstico

Toque retal: É realizado para que o especialista avalie a consistência da

próstata, seu tamanho e se existem lesões palpáveis na glândula.

Exame de PSA: Analisa a quantidade de antígeno prostático específico, um hormônio produzido pelas células da glândula prostática.

Graduação de Gleason: É uma pontuação dada ao tumor, cujo objetivo é informar sobre a taxa de crescimento e a tendência à disseminação.

Tratamentos

Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Segunda maior causa de mortes

O Câncer de Próstata é o 13° tipo de câncer mais incisivo nos homens de 20 a 59 anos e o 2° que mais causa mortes na população masculina idosa, com mais de 60 anos. Não aumente as estatísticas, marque já seu check-up!

 

Publicação GEAP/ASCOM - 01/11/2017